Japão: Como ir do Aeroporto de Haneda até o centro de Tóquio

Japão: Como ir do Aeroporto de Haneda até o centro de Tóquio

Gostou? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Pensava que era exagero quando as pessoas diziam que no Japão apenas poucas pesssoas falam inglês. Não é. Descobri isso logo no aeroporto de Haneda quando fui ao balcão de informações. O sotaque do atendente era tão carregado que fiquei na dúvida se ele estava falando inglês ou japonês. Se tive dificuldade no balcão de informações de um dos principais aeroportos do país, fiquei imaginando como seria no restante da viagem….

Felizmente, os japoneses são extremamente solícitos e atenciosos. Além disso, há placas e explicações em inglês por quase todos os lados, o que falicita muito. Assim, mesmo que a comunicação verbal não flua bem, é relativamente fácil se virar no Japão (à exceção de Tóquio, onde tive a sensação de estar perdida o tempo todo… rsrs).

Para não ter erro, o melhor conselho é antecipar-se aos problemas e fazer uma programação detalhada dos passeios, anotando, inclusive, o nome das atrações em japonês e como chegar até os lugares. Consultamos com frequência o site Japan Guide, que tem explicações em inglês sobre as atrações de várias cidades japonesas, além de detalhadas informações sobre transporte público. Foi o que nos salvou!

Aeroporto de Haneda

O aeroporto de Haneda, antes conhecido como Tokyo Internacional Airport, fica cerca de 30 minutos do centro de Tóquio. O aeroporto é enorme, moderno e um dos mais movimentados do país.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Opções de transporte do Aeroporto de Haneda até o centro de Tóquio

Há diversas opções de transporte para ir do Aeroporto de Haneda até o centro de Tóquio: monorail, trem, ônibus (limousine bus) e táxi.

O transporte público japonês é extremamente eficiente, pontual e acessível. Por outro lado, o transporte privado – táxi, por exemplo – é extremamente caro. Uma corrida de táxi do aeroporto até o centro de Tóquio pode facilmente ultrapassar o valor de R$ 300, a depender do trânsito e do horário. Por isso, se o objetivo for economizar, opte sempre pelo transporte público. O sistema de metrô e trens não decepciona.

Monorail, trem ou ônibus, qual é a melhor opção? A resposta depende basicamente do local onde você estará hospedado em Tóquio. Nós, particularmente, optamos por pegar o monorail e depois continuar de metrô até a estação Tokyo Station, que ficava bem em frente ao hotel onde estávamos hospedados. Na volta, optamos pelo Limousine Bus que nos buscou no hotel e nos deixou no aeroporto de Narita.

A grande vantagem do ônibus (limousine bus) é a facilidade. Você pega o ônibus diretamente no aeroporto e eles te deixam na porta do hotel. Também há o conforto de não ter que se preocupar em carregar a bagagem, que é acondicionada no bagageiro do ônibus. Consulte aqui e aqui a lista dos hotéis onde os ônibus param. O preço é de ¥ 1.200 (adulto, cerca de R$ 24) e ¥ 600 (criança, cerca de 12). O percurso dura entre 35 e 75 minutos, a depender do trânsito.

No caso do monorail e trem, a grande vantagem é o tempo da viagem. Os trens passam com bastante frequência e você não sofre com os engarrafamentos bem comuns em Tóquio. A desvantagem é que você terá que carregar a sua bagagem dentro do vagão e possivelmente terá que fazer uma ou mais baldeação de trem. Meu conselho? Somente vá de trem/metrô se tiver pouca bagagem e se for utilizar o transporte fora dos horários de pico (nos horário de pico os trens ficam abarrotados de gente).

Para ir do aeroporto de Haneda até a estação Tokyo Station gastamos ¥ 620 por pessoa (cerca de R$ 12). O percurso durou 30 minutos. Quem tiver o passe de trem Japan Rail Pass pode utilizar o passe para fazer esse percurso, sem necessidade de pagamento adicional.

De monorail e metrô até a Tokyo Station

De início, pode parecer complicado utilizar o monorail e o metrô, mas não é. Quem já andou anteriormente de metrô, terá facilidade. É só entender o jeitão do metrô japonês e não se assustar com a infinidade de estações de trem/metrô que existem.

Ao desembarcar, siga as placas que indicam o caminho até monorail. Qualquer dúvida, há vários balcões de informação no caminho.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo StationDo Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Se você tiver o Japan Rail Pass, você poderá utilizá-lo para fazer o trajeto de monorail e depois, se o caso, para continuar no trem da linha JR. Para isso, antes de entrar no monorail, é necessário que você troque o comprovante de pagamento do passe pelo cartão em si, que somente é entregue em alguns postos da JR no Japão (exchange offices). Consulte a lista de endereços onde é possível efetuar a troca do passe, chamados de Japan Rail Pass Exchange Offices. No aeroporto de Haneda, a troca é feita no Tokyo Monorail 2F Ticket Gate/Arrival Lobby, apenas no horário de 11h às 18h.

Como nosso voo chegou fora do horário de funcionamento do Exchange Office, o jeito foi comprar o bilhete do monorail e do trem. Os tickets são comprados diretamente na máquina e há uma versão dos comandos em inglês.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Tudo é bem simples. Basta clicar no símbolo dos “bonequinhos” que indicam o número de passageiros e depois clicar no item Monorail Ticket. Se quiser, já dá para comprar o ticket para a baldeação seguinte (transfer ticket). O ticket do monorail até a estação Hamamatsucho custa ¥ 470 (cerca de R$ 9). O pagamento é feito apenas com dinheiro e moedas. Cartão de crédito não é aceito.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

O monorail funciona de 5h17 até 0h10, e passa, em média, a cada 5 minutos. Consulte os horário aqui.

Ao ingressar na estação, basta acompanhar os letreiros (em japonês e inglês) indicando o horário dos próximos trens.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo StationDo Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Quando utilizamos o monorail o vagão estava bem vazio e havia local próprio para deixar a bagagem.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

O trajeto até a estação Hamamatsucho dura em torno de 20 minutos. De lá, é possível fazer baldeação para as linhas JR Yamanote Line e JR Keihin-Tohoku Line.

Monorail

Foto: Reprodução. http://www.tokyo-monorail.co.jp/english/guidance/index.html

Haneda Airport

Foto: Reprodução. http://www.japan-guide.com/e/e2430.html

 

Ao desembarcar na estação Hamamatsucho, basta seguir as placas indicando as linhas JR para fazer a baldeação.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

No nosso caso, seguimos pela linha Yamanote Line até a Tokyo Station. Compramos novamente o bilhete do trem (¥ 150, cerca de R$ 3) e seguimos viagem.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo StationDo Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

O trem estava mais cheio que o monorail, mas longe de estar lotado. Contudo, não havia lugar específico para deixar a bagagem. Só um pequeno compartimento para bagagem de mão em cima dos assentos.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Resumindo, foi tranquilo utilizar o monorail e o trem para deixar o aeroporto de Haneda. Gostei e recomendo. A dica é apenas se programar com antecedência para saber de antemão o trajeto.

Outro ponto fundamental: antes de viajar, já saiba qual a estação mais próxima do seu hotel. O sistema de trem e metrô de Tóquio é assustador. São estações que não acabam mais. Clique aqui para ver com mais detalhes as estações de trem da foto. Se você já souber qual a estação (a linha) de trem mais próxima, fica tudo mais fácil.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

O preço da tarifa do trem é calculada de acordo com a distância. Logo no início da estação há um mapa com os valores a serem pagos (são os números da fotos abaixo). Se ficar na dúvida do valor, pode comprar a menor tarifa. Ao deixar a estação, a catraca irá apitar e você faz o ajuste do valor.

Do Aeroporto Haneda até a Tokyo Station

Também não se esqueça de anotar o nome da saída da estação mais próxima do seu hotel, já que cada estação tem inúmeras saídas, algumas em sentidos completamente opostos.

Gostou? Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

21 respostas

  1. uhuhhhh! tô empolgadíssimo!
    Vou ficar 11 noites no Japão, sendo q o último dia só chegarei ao aeroporto 20h rsrs. Tô pensando em ficar 7 noites em Tóquio (quando eu poderia passear de trem – bate e volta – em algumas cidades do interior a exemplo das proximidades do Monte Fuji), 2 noites em Okinawa (amiga minha mora lá) e 2 noites em Kyoto! O q vc acha? Vi q vcx fizeram algumas cidades do interior de trem, mas foi bate volta?

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    abril 17th, 2013

    Oi Weslley!
    Eu, particularmente, preferi Kyoto a Tóquio. Sou fã de cidades grandes e amei (ameeei) Hong Kong. Achei que seria do mesmo jeito em Tóquio, mas não… Achei a cidade bonita, mas muito espalhada. E não tão interessante como eu pensava.
    Gostei mais do interior do Japão, por ser mais diferente e autêntico.
    Nós ficamos 14 dias no Japão: 6 noites em Kyoto, 5 noites em Tóquio, 1 em Koyasan, 1 em Takayama e 1 em Kanazawa.
    No período em que estivemos em Kyoto fizemos bate-e-volta para Nara, Miyajima (e Hiroshima no mesmo dia), e Arashiyama.
    Gostei demais do nosso roteiro, apesar de ter ficar corrido só um noite nas cidades de Koyasan, Takayama e Kanazawa. Achei que todos os dias em Kyoto foram perfeitos! Uma pena que faltou tempo para ir às proximidades do Monte Fuji. Só vimos mesmo de longe, da janela do trem…
    Se tiver tempo, não deixe de ir a Arashiyama, Miyajima e Koyasan. Achei esses lugares incríveis!!!
    Espero que tenha ajudado!! 🙂
    Bjs, Anna

    Responder

  2. Oi Anna,
    Como sempre me ajudou muitoooooooooooooooooo com suas dicas hiper valiosas. Vou organizar minhas estadas tomando por base suas informações. Hong Kong fiquei 10 dias e pireiiiiiii (fantástica). Tbém achei q seria assim em Tóquio, porque Shanghai adorei tbem e queria ter ficado mais.
    Vou levar em consideração suas observações e te conto depois como ficou!!!
    muito, mas muito obrigado mesmo!!1
    bjs.
    Weslley

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    abril 18th, 2013

    Que ótimo Weslley!!!
    Tb ameeei Hong Kong e acho que vou sentir o mesmo em Shanghai. Aliás, visitar a China está na minha lista!!!!
    Só não sei falar exatamente porque não amei Tóquio assim. Talvez eu tenha ficado muito perdida e não encontrado os lugares certos….
    Depois me conte o que vc achou!!!
    Ah, não deixe de procurar pelos izakayas qdo tiver no Japão. São os pubs japoneses. Costumam ser ótimos! A entrada costuma ser discreta, mas ficam lotados lá dentro. É só perguntar izakaya, que eles já te indicam onde ir.
    Bjs, Anna

    Responder

  3. tudo anotado Anna!!!
    Mais uma! vcs usaram o Japan Rail Pass? se sim valeu a pena em relação aos preços praticados individualmente?
    obrigado de novo!!!
    bjs Weslley

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    abril 19th, 2013

    OI Weslley!
    Usamos sim o Japan Rail Pass e recomendo!!!
    Para saber se vale a pena pra vc, faça uma consulta rápida do preço das passagens de trem para os trechos mais longos pelo site http://www.hyperdia.com . Já digo que possivelmente vai compensar.
    Lembre-se que vc tem que comprar o passe antes de chegar no Japão.
    Vou tentar escrever um post sobre isso. To viajando pra SP, mas depois que voltar eu escrevo. Tomara que seja ainda a tempo da sua viagem! 🙂
    Bjs, Anna

    Responder

  4. Olá! Gostaria de saber se, em média, é mais caro viajar para o Japão ou para a Europa? Qual você indicaria para uma família de quatro pessoas; pai, mãe, filho e filha jovens?
    Obrigado.

    Responder

    Diego Paiva Respondeu:
    abril 16th, 2014

    Olá, Kaue!

    Sem dúvidas o Japão é bem mais caro. Mas Japão e Europa são destinos completamente diferentes, depende mais do perfil de viagem da sua família… Eu indicaria a princípio a Europa por ser mais barato e ter mais opções do que fazer, visitar e conhecer. Aqui mesmo no blog temos muitos posts de diversos países europeus.

    Espanha, França e Alemanha tem opções sensacionais para o perfil da família que você mencionou.

    Abs!

    Responder

  5. Estamos indo pro Japão mês que vem e a maior dúvida inda é, mesmo, em relação ao sistema de transportes. A começar pela chegada, em Haneda, de madrugada quando não há como pegar metrô/trem para o centro. Sem o JRP é complicado?

    Responder

  6. Boa tarde gente! Sei que esse post já é meio velhinho, mas achei bem completo.
    Minha duvida é em relação a volta. Gostaria de fazer o trajeto de volta Shimbuya a HANEDA. Sigo a mesma dica?
    A linha verde Yamanote Line é em circulo, Como faço para saber qual a direção tomar o trem? por exemplo de Hamamatsucho para Shibuya.
    Outra duvida, as maquinas de compra de tickets fornecem troco?

    Responder

  7. Oi, pessoal! Obrigada pelas dicas. Estou com as passagens compradas para o Japão e aquele friozinho gostoso na barriga!!! Será minha dupla estreia viajando sozinha e viajando para o exterior. Minha preocupação é que vou chegar pelo aeroporto de Haneda, às 22h45, e estou cheia de dúvidas. Qual a melhor opção para chegar no ryokan em Arakawa (estação Minami-Senju), de madrugada e com mala? Dá tempo de desembarcar, retirar bagagem e pegar o último monorail? É seguro, para uma garota sozinha com uma mala, descer em Minami-Senju de madrugada e andar os 400m até o hotel? Estou pensando em descer na estação Ueno e pagar um taxi ou uber até a porta do hotel, aí fica menos caro… O que me sugerem?

    Responder

    Desiree Respondeu:
    março 3rd, 2017

    Oi, Fernanda. Vou passar pela mesma situação. Meu vôo chega as 22:45 no Haneda. Como você fez para sair do aeroporto? Vou ficar proximo à estação de metrô hatchobori.

    Responder

  8. Oi Fernanda!
    Não lembro exatamente… mas o tempo para sair do aeroporto depende das malas, da demora na imigração e do tempo para chegar até o monorail.
    Acho 1h25 um tempo bem apertado, mas vou ficar na torcida para dar tempo 🙂
    Bjs, Anna

    Responder

  9. Qualquer coisa eu pago o táxi… o importante é ser feliz!!!
    Depois da viagem eu volto aqui pra contar como foi.
    bjs e obrigada!!

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    setembro 8th, 2016

    Verdade, Fernanda!!!
    Tenho certeza que vc irá amar o Japão!!!
    Aliás, aproveito para dar uma dica: adoro o instagram da Bianca do @conhecendojapao. É bem legal!!
    Bjs, Anna

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias
Posts Recentes