Aluguel de apartamento em viagem de férias: vale a pena?

Até pouco tempo atrás era uma aventura alugar um apartamento ou casa para passar as férias.

Certa vez minha família resolveu alugar uma casa na praia para curtir o verão. Eu ainda era criança e lembro do meu pai procurando no classificados do jornal (!!) uma casa de praia. Como ainda não havia internet, o proprietário do imóvel enviou as fotos da casa pelos Correios (!!) e mandou um texto com a descrição do imóvel. O jeito era confiar e torcer para não ser uma furada. Pois bem. Chegando lá, a casa realmente ficava a 100 metros da areia, como informou o proprietário. O problema é que não era a 100 metros da areia praia, mas sim das dunas (!!). Para chegar até a praia tínhamos que andar uns 2km de dunas. Que decepção! A ideia da casa de frente para a praia foi pura ilusão…

Hoje em dia, com tanta tecnologia, ficou muito mais fácil conseguir alugar apartamentos no Brasil ou no exterior, seja para períodos longos ou curtos. Diversas agências, como, por exemplo, AirBnb, Windu e LocalNomad, trabalham com locação de apartamentos (e casas) em diversas cidades do mundo inteiro. Esses sites têm diversas fotos dos imóveis disponíveis, além de comentários e avaliações de quem já se hospedou por lá. Assim, a chance de entrar numa fria diminui bastante.

Particularmente, adoro a ideia de ficar hospedada na casa de alguém e ter o gostinho, ainda que muito (muuito) curto, de “morar” na cidade como um local. Por isso, durante as minhas viagens, já aluguei apartamento em Roma/Itália, Vernazza/Itália, Amsterdam/Holanda e até em Moscou/Rússia. No geral, as experiências foram bem positivas. No entanto, é bom saber que existem vantagens e desvantagens. E é necessário também ficar atento em alguns detalhes para não cair numa furada. Veja as nossas dicas:

 

Vantagens:

Custo-benefício: o bolso agradece

O preço, em geral, é um grande atrativo dos aluguéis por temporada em viagens. É óbvio que os preços do aluguéis dependem de vários fatores (cidade, localização, época do ano, qualidade do imóvel…), mas, na maioria das vezes, alugar um apartamento fica mais em conta do que se hospedar em um hotel de categoria mediana.

Por exemplo, a diária do apartamento de cerca de 60 m2 que ficamos hospedados no Trasteve, em Roma, com uma ótima localização, saiu por €110.

Apartamento RomaApartamento Roma

Sala do apartamento alugado em Roma/Itália em set/2013

Se a viagem for em grupo ou por um período longo, a chance de conseguir um bom negócio é ainda maior.

Apartamento Moscou

Apartamento alugado em Moscou/Rússia em maio/2013

 

Olha o espaço!

Se você é daqueles que sofre por conta daqueles quartos apertados de hotéis, onde quase não tem espaço para andar ou guardar as malas, alugar um apartamento pode ser uma boa opção.

Em geral, os apartamentos são mais espaçosos porque, além do quarto e banheiro, costumam ter cozinha, sala e, se der sorte, até varanda com uma bela vista.

No apartamento que aluguei em Amsterdam, o que não faltava era espaço… E a varanda nos fundos do apartamento era um charme!

Apartamento Amsterdam Apartamento AmsterdamApartamento amsterdam

 

Viva a cozinha!

Para quem curte comandar um fogão, alugar um apartamento pode ser uma boa oportunidade para colocar a mão na massa, literalmente.

Imagina só viajar para a Itália e poder cozinhar uma massa fresca com ingredientes locais fresquinhos. Foi o que fizemos na Sícilia! Mesmo sem alugar apartamento em Taormina, aproveitamos a cozinha do flat para fazer um penne alla norma, o clássico prato da região. Acompanhado de um bom vinho branco e com uma vista incrível do mar Mediterrâneo da varanda, o nosso prato não perdeu para nenhum bom restaurante…

TaorminaTaormina

Mesmo se não gostar de cozinhar, se for em uma viagem para o exterior, dá para provar os produtos típicos da região no café da manhã. Afinal, quem não fica louco nos supermercados do exterior querendo provar tanta novidade?!

Apartamento Moscou

Cozinha do apartamento alugado em Moscou/Rússia

Taormina

Café da manhã na varanda do apartamento que alugamos em Vernazza (Cinque Terre, Itália)

 

Máquina de lavar roupa, I love you!

Quem acompanha o blog sabe que eu adoro viajar com pouquíssima bagagem, de preferência só uma bagagem de mão. Para quem não sabe, vale ler esse post: Viajando leve: 10 dicas para viajar só com bagagem de mão (ou pelo menos com pouca bagagem)

Um dos segredos para conseguir aguentar uma viagem longa com tão pouca roupa é lavar algumas peças durante a viagem. Ao alugar um apartamento, a chance de encontrar por lá uma máquina de lavar roupa é bem grande. É uma mão na roda! Para falicitar a vida dos viajantes, os anfitriões já costumam deixar o sabão em pó/amaciante à disposição. Em resumo, custo zero para lavar as roupas!

Apartamento Amsterdam

Lavadora e secadora no apartamento alugado em Amsterdam

 

Faça como os locais

Se a ideia é alugar um apartamento para ter um gostinho da vivência do morador local, então faça como os locais: vá à feira, faça compras no mercado, converse com o porteiro… Enfim, esqueça que você é turista, pelo menos por alguns instantes.

 

Desvantagens

Nada de mordomia

Lembre-se que você não está em um hotel. Então, se você não arrumar a casa, a casa continuará bangunçada no final do dia.

Por isso, vá preparado para fazer tarefas cotidianas do dia-a-dia, como, por exemplo, tirar o lixo.

E lembre-se que, mesmo as tarefas aparentemente simples, podem não ser tão simples assim. No exterior, em geral, há dia e horário específico para a coleta do lixo, local específico para deixar o lixo e forma específica de armazenamento, em razão da coleta seletiva. Se o anfitrião não deixar essas informações explicadas no “manual da casa”, comum em alguns apartamentos, é você mesmo que terá que descobrir como fazer.

Front desk, concierge: cadê você?

Como não há serviço de recepção ou de concierge, é você terá que se virar. Não haverá um recepcionista para te entregar um mapa, fazer a reserva de um restaurante, ou mesmo chamar um táxi.

Muitos anfitrões, por uma questão de gentileza, fornecem mapas e deixam anotadas indicações de restaurantes interessantes localizados próximos ao apartamento. Mas tem que ter sorte para encontrar um anfitrão assim.

Em Moscou, por exemplo, passamos o maior apuro para conseguir um táxi. Não conseguimos entrar em contato por telefone com a anfitriã e o porteiro do prédio não falava inglês. Fizemos mímica e desenho (juro!!), mas nada do porteiro entender… Quase perdemos o trem para São Petersburgo!

A hora do check in/check out

Como não tem recepção, é você que terá que combinar com o anfitrião para receber e devolver as chaves do apartamento.

Em Roma, tivemos um problema com a devolução das chaves. Como o nosso vôo de volta ao Brasil era de madrugada, a anfitriã nos informou não iria até o apartamento receber a chave e que poderíamos deixar a chave lá dentro e bater a porta. O problema é que ela esqueceu de dizer que não dava para abrir a porta pelo lado de fora, se deixássemos a chave na fechadura. Conclusão: ela teve que chamar um chaveiro para abrir a porta e ainda queria nos cobrar o valor de € 200 pelo serviço do chaveiro. Só depois de muitos emails e muita argumentação é que fomos dispensados do pagamento do chaveiro.

Gosto (e cultura) não se discute…

Enquanto nos hotéis a decoração é quase sempre impessoal, nos apartamento de temporada a decoração, é quase sempre bem pessoal. Muitas vezes há objetos pessoais, como livros e roupas do anfitrião, no imóvel.

E, como cada um tem um gosto e uma cultura diferente, vá com a mente aberta.

No apartamento que alugamos em Roma, a proprietária deixou a roupa estendida no varal  que estava na cozinha. Foi, no mínimo, inusitado dar de cara com a roupa íntima dos anfitriões estendida para secar bem no meio da cozinha…

Apartamento Roma

 

Fique de olho!

– Antes de efetuar a reserva do apartamento, verifique se a empresa que está intermediando a locação é idônea.

– Analise as fotos do apartamento cuidadosamente, veja todos os detalhes do imóvel e leia os comentários de outros viajantes que já hospedaram ali.

– Cuidado para não levar gato por lebre. Muitos dos sites de locação para temporada disponibilizam apartamentos e quartos individuais. Então preste atenção para ver se você está alugando o apartamento inteiro ou apenas um quarto.

– Se a locação do apartamento for no exterior, é aconselhável que, pelo menos uma das pessoas que fique hospedada no apartamento, fale a língua local, ou então inglês. Se a comunicação com o anfitrião não fluir, será difícil receber e entregar as chaves do apartamento e receber as informações básicas.

– Considere alugar apartamento se for ficar pelo menos 3 ou 4 dias na cidade. Em viagens curtas, a praticidade do serviço da recepção pode fazer toda a diferença.

– Sempre verifique se o anfitrião disponibiliza toalhas e roupa de cama. Via de regra, eles disponibilizam. Porém, não custa perguntar antes para ter certeza.

 

E você, já alugou apartamento nas férias?

Conte pra gente como foi! Encontrou o apartamento dos sonhos ou embarcou numa furada?

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.