Kobe Beef: provando a carne mais famosa (e cara) do mundo

Frescuras não faltam na preparação do Kobe Beef, considerada a carne mais famosa, suculenta e cara do mundo.

O prato é tratado como uma verdadeira iguaria japonesa.

Kobe Beef

Existe uma série de regras para que a carne seja considerada o autêntico kobe beef. O gado deve ser proveniente das montanhas da região de Hyogo, no interior do Japão, onde está a cidade de Kobe, que dá nome à carne. E todo o processo de criação do gado é especial. Só para se ter uma ideia, a alimentação do rebanho é à base de cerveja, para deixar a carne mais saborosa. O gado recebe massagens, para dispersar a gordura. Tem até música clássica e acunpultura para deixar as vaquinhas mais relaxadas…

Quando estive no Japão, não resisti à tentação e parei na cidade de Kobe para provar o “ouro negro”, como eles chamam o kobe beef. Não foi nada programado. Fazia a rota de trem de Kyoto a Hiroshima e quando vi que o trem faria uma parada na cidade de Kobe, desci rapidamente sem pensar duas vezes.

Consultei os guias Frommer’s e Lonely Planet (sim, no shinkansen, o trem bala japonês, há wifi!) e escolhi o restaurante Wakkoq, com ótimas referências. O restaurante fica a poucos passos da estação de trem ShinKobe, no terceiro andar do shopping do Hotel Ana Crowne Plaza Kobe.

Logo que cheguei no restaurante a primeira surpresa. O local estava vazio. Ou melhor, deserto. Não havia mais nenhuma alma no restaurante. A experiência me diz para fugir de restaurantes vazios, mas, diante dos elogios do Frommer’s, resolvi ficar. E olha só o que deu…

O ambiente é clássico e elegante. Todas as mesas ficam ao redor de grandes grelhas, onde são preparadas as carnes.

KobeKobe

O grande destaque é o show dado pelo Chef que prepara a carne bem em frente a cada uma das mesas. E tem todo um ritual. Primeiro ele te mostra carne, dando ênfase ao fato de a gordura estar infiltrada na carne, quase que formando desenhos. Logo em seguida, pica um pouco de alho e especiarias e já coloca a carne na grelha.

Kobe

Na sequência, o Chef começa a fatiar os legumes e por aí vai…

Kobe Kobe Kobe Kobe

Quando ele termina a preparação, o resultado impressiona pela apresentação, pela simplicidade e também pela pouca quantidade (rsrs).

É só mesmo a carne com legumes e uma saladinha. Nada de acompanhamentos robustos como risoto, pasta, batata… Fora a saladinha, só mesmo um carpaccio de salmão que servem de entrada.

KobeKobe

E o gosto? Bem, a sensação é de que a carne derrete na boca. Esse que é o grande atrativo do kobe beef foi justamente o que não gostei. Tive a sensação de estar comendo gordura… E ainda sai de lá com fome (rsrs).

É mesmo questão de gosto. E confesso que não gostei do autêntico kobe beef. Será que foi azar? Será que o kobe beef é mesmo esse sucesso que todos falam?!  Não sei dizer, só sei que a conta foi realmente dolorosa, como falam por aí. O prato individual do Kobe Beef Sirloin (contra-filé) de 250g custou 13.700 ienes, cerca de R$ 310,00.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.