Estações de esqui na América Latina – Parte I

O inverno do hemisfério Sul está chegando e nós trouxemos para você um post (dividido em duas partes) com todas as estações de esqui na América do Sul!

Está cansado de Bariloche (Brasiloche para os íntimos), Valle Nevado e Farellones? Acompanhe o post e verá que há outras opções, até mesmo esquiar em um vulcão ativo.

Para começar, é preciso ter em mente que você precisará viajar para a Argentina e/ou Chile, pois apenas os nossos hermanos estão localizados em uma área em que há neve o suficiente para esquiar. Tendo em mente essa informação, vou dividir as estações (e os posts) por país, para que você possa se localizar melhor. Aproveite as ofertas do ClickOn para explorar a América do Sul! Clique aqui e veja as opções disponíveis.

 

Argentina

Cerro Bayo

Villa La Angostura está localizada a 80 km de Bariloche, no estado de Neuquén. Nesta cidade é possível esquiar no Cerro Bayo, localizado a 9 quilômetros do centro da vila, com uma vista incrível do lago Nahuel Huapi. Oferece aproximadamente 200 hectares para a prática de esqui em 22 pistas sinalizadas, com 12 meios de elevação.

Imagina ter essa vista ao descer a montanha…

Cerro Bayo

Reprodução http://www.welcomeargentina.com/bayo/index_p.html

Las Leñas

A poucos quilômetros de Mendoza, Las Leñas é a estação de esqui mais alta da Argentina, com sua base a quase 2.300 m e o seu cume a 3.430 m de altitude. Possui 29 pistas habilitadas, com uma longitude de mais de 7.000 metros, divididas entre principiantes (tem uma das mais longas do mundo nesta categoria, com 1.800 m de extensão), intermediários, avançados e experts, sendo que algumas dessas pistas ficam abertas para a prática de esqui noturno. A estação tem um moderno sistema de elevação e equipamento para produzir neve, caso as condições climáticas não colaborem. Tudo para permitir a melhor experiência a quem escolher a estação como seu destino de férias de inverno.

las-lenas

Reprodução: http://www.welcomeargentina.com/laslenas/index_p.html

Caviahue

Localizado nos pés do vulcão Copahue e do lado do lago de mesmo nome, esta estação de esqui conta com mais de 20 pistas distribuídas em mais de mil hectares de superfície esquiável durante o inverno, e já está com a abertura marcada para o dia 15 de Junho de 2013. Além da estação de esqui, há várias piscinas termais nas proximidades para relaxar. Está a 357 km da cidade de Neuquén e a 1.500 km de Buenos Aires.

CAVIAHUE-SKI-RESORT_-ARGENTINA

Reprodução: http://www.snow-forecast.com/resorts/Caviahue/photos/9824

Batea Mahuida

Quase na divisa com o Chile, a estação de esqui encontra-se a 8 km da cidade de Villa Pehuenia, no estado de Neuquén. Em Batea Mahuida é possível praticar esqui nórdico e alpino, realizar passeios de moto de neve, ou com raquetes entre os bosques de araucárias. O lugar também conta com uma confeitaria, onde além de degustar comidas regionais típicas, é possível comprar artesanatos mapuche.

batea-mahuida3

Reprodução: http://www.cerrobateamahuida.com.ar/

Cerro Chapelco

Ao lado de San Martin de Los Andes, o Cerro Chapelco é um dos mais belos centros para a prática de esqui de toda a Argentina. A montanha onde estão as mais de 20 pistas possui 1.980 m de altura, com diversos níveis de dificuldade. Além do esqui, é possível andar em moto de neve, em trenós puxados por cachorros da raça husky siberiano e caminhar com raquetes de neve pelos bosques da área, entre outros passeios disponíveis pelo Cerro Chapelco.

chapelco

Reprodução: http://www.welcomeargentina.com/chapelco/

La Hoya

A estação de La Hoya está rodeada por belos bosques e lagos, nas proximidades da cidade de Esquel, a 1.850 km da capital Buenos Aires. Sua localização permite a abertura da temporada de neve no inicio do mês de Junho, permanecendo aberta até meados de Outubro com neve praticamente intacta, quando se encerra a temporada. São 24 pistas em uma montanha com mais de 2.000 m de altitude e 60 hectares de terreno esquiável.

la-hoya

Reprodução: http://www.welcomeargentina.com/lahoya/index_p.html

Cerro Castor

A cada temporada mais conhecido, o Cerro Castor atrai visitantes de todo o mundo interessados em esquiar no “fim do mundo”, a 26 km de Ushuaia, Patagônia Argentina. O cume do Cerro Castor está a 1.057 m de altitude, de onde 26 pistas se iniciam para descidas alucinantes nos 800 m de desnível da pista. Assim como La Hoya, o Cerro Castor possui uma temporada de neve longa, desde Junho a Outubro.

castor1

Reprodução: http://www.welcomeargentina.com/castor/index_p.html

Cerro Catedral

A poucos minutos de Bariloche, o Cerro Catedral dispensa apresentações à maioria dos brasileiros que já procuraram por esqui na América do Sul. São tantos os brasileiros em Bariloche, que a cidade já ganhou o apelido de Brasiloche, rs. Temos uma série de posts aqui no Nós no Mundo sobre o Cerro Catedral e a cidade de Bariloche, veja aqui.

Bariloche

Com informações do site: http://www.welcomeargentina.com/ski/index_p.html

Não perca a parte II deste post, com as dicas de estações no Chile!

 

Selo Post Patrocinado

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.
Diego Paiva

Sobre Diego Paiva

Apaixonado por aviões, deu um jeito de incluir os voos e aeroportos no seu dia-a-dia. É bibliotecário por formação, mas trabalha na aviação para ficar mais perto da sua paixão. Pretende desbravar destinos no Brasil e no mundo todo, conhecendo diversas pessoas e culturas. Já visitou 15 Estados do Brasil, 14 países e colabora com o Nós no Mundo desde 2013.

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.