No Japão, o sonho de viajar sem bagagem é possível!

Isso mesmo. Você não leu errado. No Japão é possível viajar sem se preocupar em carregar qualquer mala.

É aquela viagem dos sonhos, em que você segue livre, leve e solto. Nada de chegar mais cedo para despachar as malas, ficar esperando a bagagem na esteira ou ter o trabalho de empurrá-las no trem ou metrô.

Como é isso? Uma empresa delivery, uma espécie de “Correios local”, faz tudo por você. Eles recebem malas (e todo o tipo de encomendas) e entregam em qualquer lugar do Japão. Simples assim!

O serviço se chama takuhaibin ou takyubin. Confesso que não sei dizer qual a grafia correta, já que encontrei as duas referências na intenert. Mas, de verdade, não importa o nome. Como as chances de você acertar a pronúncia são mínimas, sugiro que vc procure pelo símbolo abaixo.

Takuhaibin

A maioria dos hotéis oferece o serviço. Em geral, logo na recepção, já é possível avistar o símbolo, como é o caso da foto abaixo. Caso não tenha, é só procurar uma das lojas da empresa.

Takuhaibin

Na prática, basta solicitar o serviço no hotel, apresentar as malas e informar o endereço da entrega. No mais, eles se encarregam de tudo.

Para não ter erro, avise no local de entrega sobre o envio das malas. É que nem todos os hotéis recebem as malas em razão da falta de espaço.

Como tudo no Japão, o serviço é eficiente e seguro. Nada de malas extraviadas. Pelo menos foi o que nos garantiram. Utilizamos o serviço duas vezes e funcionou perfeitamente.

E ainda bem que o serviço é sério, pois não dá nem para conferir se o endereço da entrega foi escrito corretamente. É tudo em japonês!

Takuhaibin

Via de regra, as malas chegam no destino no dia seguinte.

O preço é calculado com base no tamanho das malas. Pagamos cerca de R$ 30 por mala pequena.

TakuhaibinTakuhaibin

Sem dúvida, é um alívio para quem quer percorrer várias cidades de trem. Não teríamos conseguido vencer a maratona de conhecer 3 cidades diferentes em 3 dias sem dar adeus às malas.

Para mais informações, leia aqui e aqui.

Bem que todos os países poderiam adotar esse tipo de serviço!

* Registro o meu agradecimento à querida Cris Tomasi, autora do blog de viagens Carpem Diem, que me passou a dica do “takuhaibin” (leia aqui). Sem ela, não teria descoberto esse serviço milagroso!! A Cris viajou para o Japão em 2009 e tem várias dicas interessantes da Terra do Sol Nascente. Vale a pena conferir!

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Comentários

  1. Cris
    12 dezembro 2012

    Oi Anna… Obrigada pela indicação do blog!!
    Fico feliz que tenha aprovado o serviço e que a dica lhe foi útil.
    Essa dica achei uma das mais legais no Japão, afinal nada é melhor do que você não se preocupar com bagagem durante a viagem de trem…
    Beijos
    Cris

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    12 dez, 2012

    Oi Cris!!
    De nada!! A sua dica foi maravilhosa!!
    Evitou muitas dores de coluna, rsrs.
    Bjs, Anna

    Responder

  2. Alceu
    13 dezembro 2012

    Fantástico este serviço.
    Dada a abrangência da rede de atendimento dos Correios (ECT) no Brasil, bem que eles podiam oferecer algo assim – retirar as malas nos hotéis e aeroportos credenciados e entregar em outros pontos ou mesmo nas agências, ou até entregar até em casa (as minhas malas, não as de todo mundo). Aí eu acordei, né?!
    Traduzindo, takuhaibin seria algo como "entrega rápida" e takyubin "serviço de entrega", mas na prática eles vão te mandar para o mesmo serviço. Para qualquer eventualidade é só perguntar ou procurar pelo "kuroneko" (kuro – preto, neko – gato).

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    13 dez, 2012

    Olá Alceu!!
    kkkk. Seria mesmo um sonho se os Correios criassem um serviço semelhante e que funcionasse a contento!!
    Além de saber tudo do Uruguai, vc tb é craque em informações sobre o Japão?!! rsrs.
    Obrigada pelas informações e traduções!! Acho que é mais fácil falar kuroneko!! Adorei!! 🙂
    Bjs, Anna

    Responder

    Alceu Respondeu:
    13 dez, 2012

    Na próxima viagem nacional vou mandar as malas por Sedex para o hotel; despachar as malas na agência dos Correios na esquina de casa e viajar sem malas. Na real, não vou fazer isso, mas não deixa de ser tentador.
    O Uruguai está fresquinho na memória até a semana que vem, e o Japão está nas origens.

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    13 dez, 2012

    kkkkk.
    Muito tentadora essa ideia de mandar tudo pelo Correios, Alceu!!! rsrs. Só não ia sair nada barato. Uma carta simples já custa uns R$ 20. Imagina uma mala de 10kg?!
    Fiquei encantada com o Japão!! Sorte a sua poder viajar para lá pra visitar uns parentes!! 😉
    Bjs, Anna

  3. Camila
    17 dezembro 2012

    Oi Anna!
    Adorei seus posts sobre o Japão!
    Estou indo pra lá em Abril, passar 26 dias.
    Estou ansiosa pelas suas dicas para fazer uma mala leve! Vai ter post né?

    Parabéns pelo blog =)

    Beijo, Camila

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    18 dez, 2012

    Oi Camila!!
    Que legal!! Tenho certeza que vc irá amar!!!
    Pode deixar que posto sim!!
    Precisando de dicas do Japão, é só falar!! 🙂
    Bjs, Anna

    Responder

  4. Romulo
    11 março 2017

    Ola anna, adorei seu blog.
    moro no Japão e realmente o takyubin é maravilhoso.
    Estou iniciando algumas viagens pela Ásia e estou aberto a dicas se possível.
    Arigatou!

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    12 mar, 2017

    Olá Romulo!
    Amei o takyubin! Foi uma mão na roda!
    Deve ser incrível morar no Japão!! Boa viagem pra vc!!
    Bjs, Anna

    Responder

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.