Museu do Catetinho em Brasília

O Catetinho foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek na cidade de Brasília.

O nome faz referência ao Palácio do Catete no Rio de Janeiro, que era a sede do Poder Executivo à época da construção de Brasília.

O palácio presidencial provisório foi projetado por Oscar Niemeyer e demorou apenas 10 dias para ser construído. Simples e de linhas retas, o Palácio do Catetinho ganhou o apelido de “Palácio de Tábuas”, por ser quase todo feito de tábuas.

Museu do CatetinhoMuseu do CatetinhoMuseu do Catetinho

A ideia era ter uma casa simples para abrigar o Presidente, mantendo a proximidade dele com os candagos que vieram construir a nova Capital.Museu do CatetinhoMuseu do Catetinho

A localização escolhida foi um sítio nas proximidades da Fazenda do Gama, bem próximo a uma nascente.

Museu do Catetinho

O Catetinho funcionou como residência oficial da Presidência até junho de 1958, quando terminou a construção do Palácio da Alvorada.

Atualmente, o Catetinho é um pequeno museu aberto à visitação pública. A suíte presidencial, o quarto de hóspedes e a cozinha preservam o mobiliário da época, além de alguns objetos e roupas de Juscelino Kubitschek.

Museu do CatetinhoMuseu do CatetinhoMuseu do CatetinhoMuseu do CatetinhoMuseu do CatetinhoMuseu do Catetinho

Tudo ali é muito simples e singelo, mas a sala de despachos impressiona pelos móveis estilosos, mesmo para os padrões atuais.

Museu do CatetinhoMuseu do Catetinho

Depois de visitar o museu, não deixe de caminhar até a nascente.

Museu do CatetinhoMuseu do Catetinho

 Informações úteis

A entrada no Museu do Catetinho é gratuita. O funcionamento é diário de 9h às 17h.

Como chegar: O Catetinho fica distante do centro de Brasília. Pegue a EPIA no sentido Saída Sul. Fica próximo ao viaduto do Catetinho, antes da entrada para a cidade satélite do Gama. Há placas sinalizando a entrada. Há estacionamento no local.

Dica: Ficamos um pouco decepcionados por não encontramos nenhum funcionário no museu capaz de fornecer informações sobre o local. Há apenas cartazes como o da foto abaixo contando um pouco da história do lugar.

Museu do Catetinho

Para aproveitar mais a visita, a dica é ler o ótimo relato da Construção do Catetinho (leia aqui) antes de ir ao museu. Sabendo um pouco mais da história do Catetinho, o passeio fica mais interessante.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Comentários

  1. Marcelo Lemos
    10 novembro 2012

    Anna, cada post seu sobre Brasília, mais fico envergonhado por ainda não conhecer esses lugares. Vc é a embaixatriz brasiliense na blogosfera de turismo:)
    Tá sabendo que o tema do Domingão de Twittadas do Diário do Mochileiro dessa semana é Goiás e Brasília, né? Não deixe de submeter os seus posts para divulgação. 😉
    Bjão

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    11 nov, 2012

    Oi Marcelo!!
    Que legal receber uma visita sua por aqui!! 😀
    Adorei o título que vc deu!! kkkkkk
    Vou dar uma olhada sim!
    Bjs, Anna

    Responder

  2. Flávia
    26 dezembro 2012

    Foi nessa nascente que o compositor Vinícius de Morais compôs "Água de beber"…

    Responder

  3. 4 janeiro 2013

    Olá Flávia!
    Sério?! Que legal!! Não sabia…
    Bjs, Anna

    Responder

  4. Wagner T de Deus
    1 junho 2015

    Com a construção da Via expressa do BRT Plano Piloto-Santa Maria o acesso ao Museu do Catetinho ficou mais complicado. Pior: as placas de sinalização não existem indicando o acesso. O viaduto do Catetinho, descendo sentido Gama ao Plano Piloto, à direita tem o acesso facilitado ao Rotary Club. Poderiam ter construído uma via de acesso ao Catetinho mas não fizeram. Fiz o percurso hoje e foi muito difícil. O ponto de referencia é o primeiro viaduto em frente ao Catetinho, em direção a Valparaíso. Segue em frente e logo após o 2º viaduto (muita atenção), acessar a bifurcação à direita (não entre à esquerda vai para Valparaíso)passa em frente ao DNIT, seguindo em frente à direita, acessa o 3º direito por cima, desce e observa logo á frente uma bifurcação à esquerda. Acessar à esquerda, desce em direção ao Plano Piloto. Observe a direita, primeira placa de sinalização indicando "Catetinho" e logo em seguida a segunda placa, acessar a bifurcação à direita, entrada do Catetinho. A acessibilidade mais fácil ao Catetinho simplesmente foi ignorada pelas autoridades locais. Depois fazem propaganda enganosa incentivando visitar o museu Catetinho.

    Responder

  5. 14 julho 2015

    Olá Wagner!
    Obrigada pelas dicas!
    Realmente o acesso está complicado por lá…
    Bjs, Anna

    Responder

  6. Regina Doria
    3 abril 2016

    É uma pena o acesso ter sido dificultado pois é muito boa a visita para entendermos como, na época, até o presidente da república se sacrificava para o bem do país….nada de hotel 5 estrelas para recebe-lo….devia servir de exemplo para Dilma…Lula e sua turma…que tem muitos menos meritos e só querem Tapete Vermelho….

    Responder

    Diego Paiva
    Diego Paiva Respondeu:
    7 abr, 2016

    Uma pena mesmo, Regina. Ele acabou ficando completamente escondido com o viaduto que foi feito em frente, e posteriormente o acesso ficou mais complicado por conta do BRT. =/

    Responder

  7. DUDA
    25 agosto 2016

    De verdade o catetinho é e semore foi um grande palácio!

    Responder

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.