Viajando para o Japão com milhas: saiba como foi a nossa experiência

Comprar passagens áreas com milhas não é tarefa fácil. Demanda tempo e paciência para conseguir encontrar voos disponíveis, além de uma boa dose sorte para encontrar lugares vagos nas datas procuradas.

Para complicar ainda mais, as companhias áreas têm dificultado a emissão de bilhetes com milhas, restringindo o número de assentos e aumentando a pontuação necessária para a aquisição do bilhetes.

Mesmo com todas as dificuldades, conseguimos ir para o Japão usando nossas milhas do programas Smiles. Não foi fácil. Perdemos algumas manhãs consultando na internet datas e voos disponíveis, mas graças à persistência deu certo!

A parte boa da história é que conseguimos comprar passagens com milhas para voar na classe executiva com um valor razoável. A parte ruim é que não conseguimos emitir os bilhetes com milhas saindo ou voltando do Brasil. Em todas as simulações que fizemos só encontramos passagens com milhas saindo dos Estados Unidos ou Europa para o Japão. Resumindo, tivemos que pagar uns trechos e usar as milhas para os demais.

A ideia inicial era ir e voltar pelos Estados Unidos, fazendo o trajeto Nova York – Tóquio. No entanto, somente conseguimos opção com milhas para fazer os trechos Los Angeles (LAX) – Tóquio (Haneda), e Tóquio (Narita) – Lisboa. Foi o que fizemos. Demos literalmente a volta ao mundo para conhecer o Japão!

Gastamos o total de 90.000 milhas por pessoa para voar na classe executiva no trajeto acima citado: LAX-Haneda e Narita-Lisboa, com as empresas Delta Airlines e Air France, parceiras da Gol. Achamos que o valor foi razoável, especialmente diante dos valores do programa de fidelidade da TAM. Em uma das pesquisas que fizemos, o valor cobrando pelo TAM Fidelidade era de 100.000 apenas para fazer o trecho Lisboa-Brasília, na econômica!

Foi a opção mais econômica? Seguramente que não. Como tivemos que comprar passagens para destinos diferentes (Brasil-LAX e Lisboa-Brasil), pagamos mais caro. Se tivéssemos comprado todos os trechos na classe econômica talvez até teria ficado mais barato. Em compensação, voamos alguns trechos na classe na executiva (ufa!!). E dificilmente teríamos conseguido não fossem as milhas…

Valeu a pena? Sem dúvida que sim! Encarar dois voos de 12 horas de duração e ainda mais 12 horas de fuso horário no conforto da executiva é muito mais fácil do que ficar enlatado na econônica. Além disso, tivemos a experiência de voar no moderno A380, o maior avião de passageiros do mundo.

Moral da história:

1 – Tem que ser muito persistente para viajar com milhas. Pesquise, compre com antecedência e fuja da alta temporada.

2 – Não conseguiu emitir passagens com milhas saindo do Brasil? Se o destino buscado for distante e exigir uma conexão, talvez dê para emitir o bilhete com milhas da conexão até o destino final. Pode ser que valha à pena. 

3 – Milhas boas são milhas gastas. 

Deixo aqui algumas fotos da business class da Delta (A330-200) e do A380 da Air France, trechos que fizemos com milhas. Em breve um post com o review específico de cada um dos voos!

Delta:

Voando para o JapãoVoando para o Japão

Detalhe do chinelo distribuído no voo

Air France:

Voando para o JapãoVoando para o JapãoVoando para o Japão

Detalhe da entrada servida no voo: salada de camarão, filé de cordeiro com mostarda e molho de manga, e atum defumado. Depois teve ainda o prato principal, queijos, mais vinhos e sobremesa…

E então, o que vocês acharam? Fizemos bem?

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Comentários

  1. Diego Paiva
    Diego Paiva
    30 outubro 2012

    Fizeram SUPER bem! Conseguiram os trechos mais longos de executiva em excelentes companhias aéreas.

    Infelizmente não deu pra ir e voltar pelo mesmo ponto, mas acredito que tenha valido muito a pena, ainda mais por voar no A380 da Air France!

    Acho que a Delta está dando mole em não colocar o A330 ou um 767 na rota BSB-Atlanta… O mesmo acontece com a American Airlines. Aumentaria a oferta de assentos e ainda traria mais conforto para quem viaja tanto de econômica, como de executiva. A TAM já está de olho nisso e aumentando o avião que faz BSB-Miami.

    Aguardando ansiosamente pelos reviews dos voos. 😉

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    30 out, 2012

    Oi Diego!!!
    Adoro as suas visitas por aqui!! 😀
    Também adorei termos viajado assim. Um pouquinho de glamour faz bem a qualquer um!!! rsrs
    Seria bem melhor se todos os aviões fossem maiores e espaçosos… Motivo a mais para viajar e já curtir as férias desde o embarque!!
    Bjs, Anna

    Responder

  2. Andreia Borges
    30 outubro 2012

    Adorei as dicas sobre viajar para longe com milhas!!! Nunca viajei na classe executiva. Adorei as fotos!
    Bjs

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    31 out, 2012

    Oi Andreia!!
    Planejando e pesquisando dá para sim para fazer uma viagem legal com milhas no conforto da executiva.
    A executiva é ótima!! O difícil é depois se readaptar à econômica, rsrs.
    Bjs, Anna

    Responder

  3. 31 outubro 2012

    Anna
    Excelente post. Eu ando amargando decepções com o programa de fidelidade da TAM, inclusive estou cogitando não usar mais nenhum programa de milhagem. Sim! Com tantas ofertas de voos a preços razoáveis e com parcelamento, não sei mais se vale a pena. O mesmo planejamento que a emissão das milhas demanda também pode ser usado para compra de bilhetes com vantagens.
    Mas como você bem disse, milha boa é milha gasta. Mandaram muito bem, executiva é show, ainda mais numa viagem longa como essa!
    Bj
    Pati

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    31 out, 2012

    Oi Pati!
    Também andava bem sem paciência com os programas de fidelidade. Até que uma amiga me disse que fez a volta ao mundo com milhas da Smiles e passou a me dar umas dicas.
    Fui conferir e vi que o Smiles estava bem mais fácil para emitir passagens do que o Tam Fidelidade.
    Também achei que foi uma ótima escolha ter optado por usar as milhas mesmo que só para alguns trechos. Chegaríamos moídos se não tivessemos indo na executiva, sobretudo porque a ida fizemos em um batidão só: Vitória – GRU – Atlanta – LAX e Tóquio. Saímos no domingo às 11h da manhã e chegamos em Tóquio às 23h de terça. Ufa!!
    Bjs, Anna

    Responder

  4. Weslley
    8 abril 2013

    Anna!!!! Tô lendo seus posts sobre o Japão! Tô indo 21/05 e ficarei 2 semanas! Tô pretendendo ir a Tóquio, Kyoto e Okinawa(tenho má amiga lá)! Já tô curtindo!
    Bjus

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    9 abr, 2013

    Oi Weslley!
    Que máximo!!!! Vc vai amar!!!! 😀
    Precisando de dicas, é só falar! Depois volte para contar como foi!!!
    Bjs, Anna

    Responder

  5. Weslley
    8 abril 2013

    Vc chegou pelo Haneda certo? Tem dicas de transporte pra Tóquio ?
    Tks

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    9 abr, 2013

    Oi Weslley!
    Cheguei por Haneda e tenho sim dicas de transporte. Fui de trem/metrô até a Tokyo Station.
    Vou tentar escrever logo um post sobre isso para ajudar na sua viagem!
    Aliás, se precisar de alguma dica específica, é só falar! Aí tento escrever a tempo.
    Se tiver tempo não deixe de ir a Arashiyama (bate-e-volta de Kyoto) e tb nos templo de Koyasan. Ameeeeei esses dois passeios.
    Bjs, Anna

    Responder

  6. Weslley
    8 abril 2013

    Tbem farei trechos com executiva e pontos! Depois te conto o resultado! Bjus

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    9 abr, 2013

    Oi Weslley!
    Me conte sim!! Meu palpite é que vc irá amar!!!
    Bjs, Anna

    Responder

  7. 27 abril 2014

    Anna, conseguimos fazer igual vc. Obrigada pelas dica, foi um ouro! Fomos de Paris para Osaka de executiva da Qatar (pense numa riqueza sem fim!!!) e voltamos de Tokyo para Amsterdam de executiva da Air France. Custou 90 mil milhas por pessoa e value muito a pena! Acho que nunca teria tido essa sacada se não fosse esse post 🙂 Obrigada de novo.

    Responder

    Anna Bárbara Respondeu:
    28 abr, 2014

    Olá Vanessa!
    Que máximo!!!! Fico muuuito feliz em saber que nossas dicas foram úteis!!! 😀
    Depois quero ver as suas fotos!! Amo o Japão!!
    BJs, Anna

    Responder

  8. JEAN
    5 maio 2014

    amigos gostaria de uma ajuda , tenho cerca de 32mil milhas smiles, gostaria de viajar a China em outubro deste ano, os voos te conexao em dubai, como poderia utilizar estas milhas? isso se forem suficientes para algum trecho…

    obrigado

    Responder

  9. Diego Paiva
    17 maio 2014

    Olá, Jean!

    Para a Ásia são necessárias mais milhas. Atualmente ainda é possível emitir uma ida ou volta para a Europa (Air France ou KLM) com 35 mil, mas essa quantidade vai aumentar em breve, infelizmente.

    Abraços!

    Responder

  10. dea
    25 agosto 2014

    Oi Anna, como você lembra de tantos trechos que fez e tantas dicas? Você faz um diário de viagens?

    Responder

  11. 20 setembro 2014

    Olá Dea!
    Faço sim várias anotações durante a viagem. É muuuito detalhe para lembrar depois, kkkk
    Bjs, Anna

    Responder

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.