Valle de Casablanca: degustação de vinhos e almoço gourmet a poucos quilômetros de Santiago

No Chile, o que não falta são vinhedos e vinícolas. No país espremido pelo Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, o clima, a diversidade de solos e as barreiras naturais, como a própria Cordilheira, propiciam a produção de vinhos de alta qualidade.

Grande parte dos vinhedos ficam próximos a Santiago. Em uma viagem de 30 minutos ou 2 horas de carro, é possível visitar algumas das bodegas chilenas mais famosas.

Para uma experiência mais autêntica, fuja da legião de brasileiros que visitam diariamente a Concha y Toro ou a Cousiño Macul. Siga para vinícolas menores, mas não menos tradicionais e de excelente qualidade. E opções não faltam! É possível explorar o Vale do Colchagua, o Valle de Casablanca, o Vale Limari, o Vale de Cachapoal, o Vale de Curicó, o Vale do Maule, o Vale do Itata e o Vale do Bío Bío.

Localizado a 50 minutos de Santiago, o Valle de Casablanca é um grande destino para quem gosta de enoturismo.

Viña IndómitaViña Indómita

Valle de Casablanca visto da vinícola Indómita

O destaque da região é a produção de vinhos brancos, como Chardonnay e Sauvignon Blanc, além de tintos como Pinot Noir.

Os vinhedos ali são recentes. Não passam de 30 anos. A produção de vinhos na região começou com Pablo Morandé, hoje proprietário da vinícola Morandé. Na época, ele procurava novas regiões para expansão da produção de vinhos e descobriu as riquezas do Valle de Casablanca, até então pouco explorado. Inicialmente a região foi desacreditada por conta da proximidade com o Oceano Pacífico; contudo, foi a própria localização geográfica que propiciou o produção de vinhos, especialmente brancos, de alta qualidade. Como os vinhedos ficam próximos ao litoral e estão rodeados pela Cordilheira da Costa, a variação térmica durante o dia é muito grande, o que permite a maturação lenta da uva e a alta qualidade do produto final.

Atualmente, os inovadores vinhedos do Valle de Casablanca produzem algumas das melhores garrafas chilenas, que já ganharam, inclusive, vários prêmios internacionais.

As principais vinícolas instaladas no Valle de Casablanca são: Morandé, Casa del Bosque, El Cuadro, Emiliana, House Casa del Vino, Indómita, Matetic, Veramonte, Viña Mar e Catrala. Todas possuem visitas guiadas pelos vinhedos e degustações de vinhos. Veja as nossas dicas para aproveitar o passeio:

Como chegar?

A melhor forma de chegar ao Valle de Casablanca é de carro. Para isso, alugue um carro em Santiago e siga pela Ruta 68 em direção a Valparaíso. O Valle de Casablanca fica cerca de 75km da capital chilena e 39km de Valparaíso. Caso não queira dirigir, opte por wine tours partindo de Santiago. Várias agências de turismo prestam esse tipo de serviço.

Em 2010, quando visitamos o Vale do Colchagua, alugamos um carro com a empresa Econorent no aeroporto de Santiago. Gostamos bastante do serviço. Os detalhes estão aqui.

Este ano contratamos a empresa Enotour. Eles oferecem várias opções de passeios e tours a vinícolas. Escolhemos visitar a Viña Indómita, no Valle de Casablanca, e depois conhecer as cidades de Valparaíso e Viña del Mar. Pagamos $ 95.000 pesos por pessoa, cerca de R$ 387, em um tour privado. Neste valor estava incluído água, uma garrafa de vinho, além do motorista e um guia. Gostamos bastante. Os detalhes conto em outro post…

A Associação do Valle de Casablanca também oferece passeios que incluem degustações premium e almoços gourmet.

Para chegar à região utilizando transporte público é um pouco complicado. Desça na estação de metrô Estación Central e siga até o Terminal San Borja, de onde partem diversos ônibus. Pegue um ônibus até a cidade de Casablanca e de lá siga de táxi até a vinícola que queira visitar.

Degustação de vinhos

As vinícolas oferecem wine tours que permitem que os visitantes conheçam os vinhedos e aprendam detalhes sobre o processo de produção dos vinhos, com visita aos tanques de aço para fermentação e às salas de barris de carvalho. No final, tem a tão aguardada degustação dos vinhos mais emblemáticos da casa.

Viña IndómitaViña Indómita

O preço dos wine tours varia bastante. Há tours de $ 3.000 (cerca de R$ 12) a $16.000 (cerca de R$ 67), a depender da vinícola e dos vinhos que serão degustados. Veja abaixo a lista de preços das degustações na Viña Indómita.

Viña Indómita

É aconselhável reservar os wine tours com antecedência, pois muitas visitas têm horários fixos e número limitado de pessoas por visita.

Restaurantes:

Paisagens bucólicas e restaurantes sofisticados são comuns por lá.

A vinícola Indómita tem uma vista privilegiada de todo o vale. O ambiente do restaurante é muito agradável.

Viña Indómita Viña Indómita

O restaurante funciona diariamente de 12h às 17h. É aconselhável fazer reserva com antecedência pelo email contacto@indomita.cl. O cardápio do restaurante, com o respectivos preços, pode ser consultado aqui.

O Edu Luz do blog Da cachaça pro Vinho almoçou na Viña Indómita e gostou bastante. As fotos do post são de dar água na boca… Vale a pena ler: Dia cinco – Chile – Santiago – A terra cercada por água está preta=Isla Negra.

O restaurante da vínicola Matetic também é bem elogiado. A Alexandra Aranovich do blog Café Viagem recomenda a experiência. Leia o post: As inesquecíveis Casa Marin e Matetic no Vale de Casablanca.

O pessoal do blog Malas e Panelas, por sua vez, adorou o almoço na Casas del Bosque. Confira o post Vinícola Casas del Bosque.

Também é possível almoçar nos restaurantes da El Cuadro, da Viña Mar e House Casa del Viño.

Hospedagem

Para uma experiência completa entre os parreirais, a dica é se hospedar na região.

O hotel boutique da vinícola Matetic, chamado de La Casona, conta com quartos bem luxuosos.

La Casona - Matetic

Foto: Reprodução. http://www.mateticvineyards.com/casona/

São apenas 7 quartos, localizados em uma antiga casa colonial. As diárias começam em USD 250. Para ler mais detalhes sobre hospedagem em vinícolas, clique aqui.

Experiência com crianças

O pessoal do blog Destemperadinhos fez um passeio com crianças pelo Valle de Casablanca e garante que o local é kids friendly. Leia o ótimo post Vinícolas no Chile. Dá para levar crianças?

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.