Palácio da Alvorada: visitando a residência da Presidente do Brasil

Já imaginou como é o interior de um palácio presidencial?

Em Brasília é possível matar a curiosidade. O Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidente Dilma, é aberto para visitação ao público. Lá é possível visitar alguns cômodos e caminhar pelos belos e enormes jardins às margens do Lago Paranoá.

Palácio da AlvoradaPalácio da Alvorada

A visita ao Palácio começa com um vídeo de cerca de 8 minutos de duração, que conta a história da construção do edifício e os detalhes da restauração ocorrida em 2004.

Palácio da Alvorada

Depois de passar pela revista e pelo raio-x, é hora de embarcar em um ônibus que leva os visitantes até a entrada principal do Palácio.

Palácio da Alvorada

A construção do Palácio se iniciou em 1957 e foi concluída no ano seguinte, sendo o primeiro prédio de alvenaria construído em Brasília. O projeto é de autoria de Oscar Niemeyer.

A combinação de concreto, espelhos e vidro em ambientes amplos e com poucas divisões trazem uma sensação de paz e tranquilidade. Dizem que Niemeyer se inspirou nas redes colocadas em varandas de fazendas colonias para desenhar as colunas curvilíneas.

Logo na entrada principal, dois espelhos d’água reforçam a sensação de tranquilidade ao refletir o céu e as colunas na água. No lado direito, a escultura As Iaras de Alfredo Ceschiatti, mesmo autor dos anjos da Catedral de Brasília (leia mais aqui).

Palácio da AlvoradaPalácio da Alvorada

No hall de entrada, a enorme parede de latão dourada capta logo a atenção de todos. Com o reflexo do sol, chega a parecer ouro. Ali está um grafado trecho de um dos discursos de Juscelino Kubitschek.

Palácio do Planalto

Na Capela Nossa Senhora da Alvorada, que fica ao lado do Palácio, as paredes não só parecem, como são efetivamente banhadas a ouro. No projeto de Athos Bulcão não há iluminação para a capela. A luz do sol ingressa no lugar pela única porta de entrada, refletindo o dourado e trazendo luz ao local.

Palácio da AlvoradaPalácio da Alvorada

Depois de conhecer a capela, é hora de visitar os cômodos do Palácio da Alvorada. No subsolo ficam o cinema, o salão de jogos, a cozinha e as salas de apoio administrativo. No térreo se encontram a biblioteca, o salão nobre, o salão de Estado, a sala de música e o salão de banquetes. No primeiro andar ficam os cômodos privativos da Presidente e seus familiares. A visitação pública é apenas pelo andar térreo.

O Salão de Estado impressiona pelo pé direito alto e pela combinação de móveis clássicos e modernos.

Palácio da Alvorada Palácio da Alvorada

Na biblioteca de ar austero há coleções de livros raros e uma grande tapeçaria de Di Cavalcanti.

Palácio da Alvorada

No amplo Salão Nobre nada de paredes ou divisórias. Obras de Candido Portinari, esculturas de Victor Brecheret, um piano de meia cauda alemão, além de vários tapetes persa, compõem o visual moderno e minimalista.

Palácio da Alvorada Palácio da Alvorada

Os espelhos fazem o espaço parecer ainda maior. Confesso que me fizeram lembrar da Sala dos Espelhos do Palácio Versailhes, quando a natureza parece penetrar no ambiente.

Palácio da Alvorada Palácio da Alvorada

As cadeiras com estofado vermelho fazem uma bela composição com as arcas do século XX e as tapeçarias coloridas no Salão de Banquete.

Palácio da Alvorada

Na área do jardim, a grande piscina impressiona e parece bem convidativa.

Palácio da Alvorada Palácio da Alvorada

Os jardins são enormes, mas não é possível caminhar muito. Os horários de término do tour são bens rígidos.

Se der sorte, dá até para ver uma ema, ave típica do cerrado, passeando pelo jardim. Essa foto saiu quase no susto, com direito até a um dedo apontando para o bichano…

Palácio da Alvorada

Informações úteis

A visitação pública ao Palácio da Alvorada somente ocorre às quartas-feiras de 15h às 17h30. O tour é gratuito.

Para participar da visita é necessário pegar uma senha na portaria do Palácio. São distribuídas 300 senhas a cada quarta-feira, a partir de 14h. As saídas dos tours são feitas em grupos de 30 pessoas. O primeiro grupo sai às 15h. Os demais saem a cada 15 ou 20 minutos.

Para esperar menos, a dica é chegar pontualmente às 14h e pegar as primeiras senhas para entrar no primeiro grupo. Nós chegamos às 14h05 e fomos os últimos do primeiro grupo.

Uma última informação importante: verifique a previsão do tempo antes de sair de casa. Se chover, as visitas são canceladas.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.