Onde se hospedar em Bali

Bali é uma das várias ilhas da Indonésia. Sua extensão territorial não é das maiores, mas o trânsito caótico e engarrafado faz com que pequenas distâncias se transformem em longos trajetos. Para piorar, as pistas são, em geral, de mão única. Nas curvas, é comum ver os carros buzinarem, pois, afinal, em uma mesmíssimo espaço nem sempre cabem os pedestres, os carros, as bicicletas, as motocicletas, as galinhas e… as oferendas.

Aliás, motos é o que não faltam por lá em razão do baixo custo do aluguel.

As incontáveis motos de BaliAs incontáveis motos de Bali As incontáveis motos de Bali

Em um dia de trânsito pesado, gastamos mais de 1h para percorrer menos de 20km entre as praias de Seminyak e Jimbaran. Para irmos de Ubud até Tulamben, no norte da ilha, levamos 2h30 de carro, sem trânsito. Já para ir de Seminyak a Ubud, gasta-se entre 1 e 2h, a depender do trânsito.

Mapa de Bali

Reprodução.

Por conta disso, o interessante é ficar hospedado em pelo menos duas cidades, em uma viagem de 8 – 9 dias. Mesmo com todo o trabalho de arrumar as malas e fazer check in/check out, é preferível montar bases em lugares distintos a aguentar o extress do trânsito.

Opções de hospedagem não faltam. É possível encontrar bed & breakfast de menos de USD 20, como também hotéis mega-super-hiper-ultra luxosos com diárias superiores a USD 1.000.

Uma sugestão é começar o roteiro com uma hospedagem nas praias Sanur, Nusa Dua, SeminyakJimbaran ou Uluwatu. Além de estarem próximas do aeroporto de Denpasar, é uma boa forma para começar a entender os costumes locais, guardando a imersão cultural em Ubud para o final.

Sanur é uma praia tranquila, muito procurada por famílias. Nusa Dua é famosa pelos resorts de grandes redes internacionais. Seminyak é epicentro hippie chic de Bali, com muitas boutiques moderninhas, beach clubs sensacionais e vida noturna animada. Os preços, em geral, são um pouco mais inflacionados. Jimbaran é famosa pelo seafood barbecue (churrasco de frutos do mar) e por alguns resorts isolados que parecem surreais. Uluwatu é a queridinha dos surfistas!

Fica o registro de que as praias de Bali não as mais lindas do mundo, mas, convenhamos, a mistura de praias com templos e massagens balinesas ao pôr do sol é irresistível!

Depois de curtir o litoral, vá para o interior da ilha se encantar com Ubud, o refúgio cultural de Bali. Visite mais templos, conheça galerias de arte, caminhe nos campos de arroz, faça um curso de culinária, confira um espetáculo de dança típica, medite, faça yoga e, enfim, entregue-se ao dolce fair niente balinês (com direito a mais massagem!). Programação não falta!

Outros passeios igualmente interessantes são escalar o Mount Batur, mergulhar em Tulamben e nadar com os golfinhos em Lovina. Todos esses lugares ficam distantes de Ubud, mas é possível fazer passeios bate-e-volta. Caso prefira, também é possível se hospedar perto desses lugares.

Nós, particularmente, ficamos 4 dias em Seminyak, no The Colony Hotel e 5 dias em Ubud, no hotel Villa Sabandari. Gostamos demais dos hotéis! Depois vou dedicar um post para cada um deles… Os preços eram razoáveis e a estrutura excelente. A divisão dos dias em cada um dos lugares também agradou, embora tenhamos ficado com vontade de ficar mais alguns dias em Bali.

Veja aqui a lista de alguns hotéis:

Categoria charmosos, sem frescuras

– Sanur: Sunhouse Guest House. Essa pousada foi uma indicação das queridas @senzatia e @criscampos, autoras do Senzatia e No place like here. As fotos são super charmosas. São apenas 7 quartos, localizados a uma curta caminhada da praia. Os quartos têm ar condicionado, wi fi e incríveis tarifas a partir de USD 28. Reserve com antecedência. Quando tentei reservar, já não havia disponibilidade…

Sunhouse Guest House

Foto: Reprodução. http://www.balisunhouse.com/

– A Adriana Setti, autora do blog Achados, também dá dicas de pousadas “ridiculamente boas, bonitas e baratas em Bali”, como ela mesma chama, em Seminyak, Ubud, Tulamben e Nusa Lembongan. Acesse aqui.

Categoria lindos e acessíveis

– Seminyak: The Colony Hotel, onde nos hospedamos. É um hotel boutique, com apenas 20 quartos, todos muito bem decorados. A localização é ótima, apesar de não ser de frente para a praia. Fica a uma curta caminhada dos beach clubs Potato Head e Ku Dé Ta. As diárias são a partir de USD 165.

The Colony Hotel - Seminyak

– Sanur: Griya Santrian. Localizado na praia de Sanur, esse hotel parece uma boa opção para quem quer ficar quase na areia da praia. As fotos do site são bem interessantes. E o valor também: a partir de USD 110.

Griya Santrian

Foto: Reprodução. http://www.santrian.com/griya/

– Ubud: Villa Sabandari, onde também nos hospedamos. É a pousada com melhor cotação em Ubud pelo Trip Advisor. E com razão: o lugar é belíssimo! A pousada tem apenas 6 quartos e fica bem em frente a um arrozal. Da piscina de borda infinita é possível ficar observando o movimento dos trabalhadores no campo. O café da manhã e o chá da tarde, já incluídos no preço, são servidos na varanda do quarto. Como o dono é belga, a diária é cobrada em euros – € 150 a diária.

Hotel Villa Sabandari - Ubud

– Ubud: Alan Indah. As acomodações parecem tipicamente balinesas. Simples e acolhedoras. Gostei bastante da fotos. A diária é de USD 85. Tentei fazer a reserva por lá, mas já estava lotado.

Alam Indah

Fotos: Reprodução. http://www.alamindahbali.com/accomodations.htm

Categoria Upscale – Lua de mel

– Uluwatu: Bulgari Hotel & Resort Bali. É um dos pouquíssimos hotéis da renomada marca internacional Bulgari. Fica no alto de um penhasco bem frente ao mar. As fotos são matadoras. E o preço idem: USD 800, no quarto mais simples.

Bulgari Hotel & Resort Bali

Foto: Reprodução. http://www.bulgarihotels.com/en-us/bali/the-resort/overview

– Ubud: Viceroy Bali. Os quartos e a piscina de borda infinita com vista para a mata parecem sensacionais. As diárias começam em USD 590.

Hotel Viceroy Bali

Foto: Reprodução. http://www.viceroybali.com

– Ubud: Uma Ubud. A integração do hotel com a vegetação nativa é o destaque. As diárias começam em USD 260 e podem passar de USD 500 para quartos com piscina privativa.

Uma Ubud Uma Ubud

Fotos: Reprodução. http://www.uma.ubud.como.bz/

– Jimbaran: Ayana Resort. O resort é enorme e fica no alto de um penhasco de frente à praia. Visitamos o Rock Bar, um bar modernoso em cima das pedras, quase no mar. A estrutura do hotel nos parece interessante. É bem indicado para quem busca momentos de sossego, já que o hotel fica realmente isolado do burburinho.

Ayana Resort - Jimbaran Ayana Resort - Jimbaran

Uma dica para quem quer se hospedar nos hotéis upscales de Bali pagando um pouquinho menos: sites como Zarpo, Jetsetter e Snique Away oferecem, volta e meia, descontos nas diárias desses hotéis. Os descontos não chegam a tornar o preço uma pechincha, mas podem ser uma ajudinha para quem adotar a política do “eu mereço”.

Vale a pena conferir também o aplicativo sobre Bali do site Travelfish (USD 2,99), disponível para Iphone e Ipad, que contém ótimas sugestões de itinerários, além de dicas de hotéis e restaurantes.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.