Lua de mel no Tahiti!

Quem nunca sonhou em se hospedar naqueles bangalôs sobre a água para comemorar a primeira, segunda ou décima lua de mel?

Minha irmã e meu cunhado acabaram de voltar da lua de mel no Tahiti e contam um pouquinho como foram os dias fascinantes naquele paraíso.

“Não sei se todos pensam como eu, mas, para mim, o roteiro de lua de mel deve ser diferente de qualquer outra viagem e sua escolha deve se pautar em critérios distintos.

Roteiros históricos e culturais? Acho que não. Passar o dia visitando monumentos e museus não me parece a escolha mais adequada para ocasião, embora também tenham seus momentos. Lugares badalados? Muito menos, a não ser que sua intenção seja festejar com seus amigos solteiros!! Disney? Eu quero ver alguém encontrar romantismo depois de passar o dia batendo pernas nos parques e ouvindo gritaria de crianças e adolescentes!

Na minha opinião, a ocasião exige um lugar único, de preferência exótico, que exale charme e romantismo, para que se torne de fato um momento inesquecível para os pombinhos. Pensando nisso foi que optamos em passar nossa lua de mel na Polinésia Francesa, também conhecida como Tahiti! Afinal que nunca sonhou em conhecer esse verdadeiro paraíso e se hospedar em um daqueles charmosos bangalôs sobre a água?

Pôr do sol em MooreaHotel Maitai

Hotel Maitai em Bora Bora

A brincadeira não é barata, mas garanto que vale cada centavo. Os pacotes tradicionais oferecidos pelas operadoras aqui no Brasil custam cerca de USD 5.000 por pessoa, com passagem e hospedagem de 7 dias nos famosos bangalôs das principais ilhas da Polinésia Francesa: Papeete, Moorea e Bora Bora. Há também a possibilidade de incluir no pacote alguns dias no Chile, em Santiago e/ou na Ilha de Páscoa, já que a maioria dos vôos que saem do Brasil com destino ao Tahiti passam necessariamente pelo vizinho sulamericano.

Outra alternativa para os recém casados é fechar tudo por conta própria, diretamente com as empresas aéreas e com os hotéis, opção esta que pode se apresentar mais econômica, mas que certamente vai demandar mais trabalho por parte dos viajantes. Aliás, esta foi a nossa escolha, já que optamos por passar alguns dias em Los Angeles, de onde saem vôos diretos para a Polinésia Francesa. Dessa forma fomos para os EUA pela Copa Airlines e de lá para o Tahiti pela australiana Qantas. Os vôos internos são operados pela Air Tahiti. Ficamos 10 noites, sendo 1 em Papeete, 5 e Moorea e 4 em Bora Bora. Se eu voltasse de novo, eu ficaria menos tempo e investiria mais nos hoteis. Acho que uma semana é o suficiente.

Todos os vôos internacionais chegam em Pappete, a capital da Polinésia Francesa. Trata-se de uma cidade relativamente grande, com uma boa estrutura e que certamente não se encaixa na imagem que todos nós fazemos do Tahiti, embora também tenha sua beleza. Quem quiser explorar o local certamente irá deparar-se com as diversas lojas que vendem as famosas pérolas negras, produto típico da região. Optamos apenas por dormir em Pappete e guardar as energias para os demais lugares. Escolhemos o hotel Tahiti Aiport Motel, que é perto do aeroporto e bem em conta. Não espere grandes coisas, a vantagem do hotel é mesmo a sua localização próxima do aeroporto.

Saindo de Papeete, o turista poderá chegar por via aérea em quase todas das paradisíacas ilhas que formam a Polisésia Francesa, das quais as mais famosas e que contam com a melhor estrutura de turismo são Moorea e Bora Bora. É possível ainda fazer a travessia de Pappete para Moorea por ferry boat. Aliás, os trajetos entre
as ilhas, seja pela via área ou pelo mar, são um espetáculo a parte, face
aos encantos naturais da região, que realmente são de encher os olhos.

Inevitável por parte dos visitantes é a comparação entre as ilhas,
principalmente entre Moorea e Bora Bora, sendo as preferências bastante
equilibradas. Tanto uma quanto ao outra são absolutamente deslumbrantes,
com águas cristalinas, uma diversidade incrível de fauna marinha e
paisagens de tirar o fôlego, formadas pelas lindas e exóticas montanhas que
formam o arquipélago.

Mirante em Moorea

Mirante em Moorea

Mergulho em Bora Bora

Bora Bora

O que eu pude perceber na verdade é que tudo vai depender muito do lugar onde o hotel fica situado, já que dentro de uma mesma ilha as condições naturais são muito diversificadas. Desse modo, considerando que o casal passará a maior parte do tempo curtindo o bangalô e a própria estrutura do hotel, recomendo que a escolha da hospedagem seja feita com bastante critério, observando-se atentamente as fotos disponibilizadas nos respectivos sites.

Os pacotes oferecidos pelas operadoras brasileiras geralmente trabalham com grandes resorts, como por exemplo, o grupo Intercontinental e o Sofitel. Todos estes são excelentes opções e ficam localizados em locais paradisíacos. Uma outra alternativa, com um ótimo custo benefício é o grupo Pearl Resorts. Ficamos no de Moorea e recomendamos! Todo no estilo polinésio, este hotel oferece um serviço de resort e bangalôs muito confortáveis, com uma paisagem de tirar o fôlego. Dizem que o de Bora Bora é ainda melhor.

Moorea Pearl Resort Piscina Moorea Pearl Resort

Um pouco mais simples, mas igualmente acolhedor, é o Hotel Maitai em Bora Bora, que também conta com bangalôs sobre a água. É uma opção mais ecônomica (se dá pra chamar de econômica uma diária em torno de R$ 1000) em relação aos outros citados, e que certamente não conta com o mesmo luxo e a mesma paisagem.

Hotel Maitai Hotel Maitai

Seja qual for a hospedagem escolhida, sugiro adquirir garrafas de champagne no freeshop. Com certeza, para completar com requinte esse momento único, nada melhor do que um bom espumante. Se o bangalô tiver uma mesa com fundo de vidro para observar o fundo do mar, melhor ainda!

Bangalo Moorea Pearl Resort

A Polinésia oferece ainda uma infinidade de passeios e atividades para que o visitante interaja ainda mais com o paradisíaco ambiente. A grande visibilidade proporcionada pela água e a imensa riqueza de peixes e outros animais marinhos são um convite para o mergulho e outras atividades submarinas.

Só com o snorkel, já é possível desfrutar de uma visão incrível sem ir muito longe ou mergulhar muito fundo, nas proximidades do próprio bangalô. Aliás, praticamente todos os hotéis oferecem gratuitamente o equipamento necessário. Outra possibilidade disponibilizada sem custos pelos hoteis é o caiaque. É simplesmente indescritível ver o pôr do sol de dentro do caiaque após remar alguns metros em direção ao oceano.

Passeio de caiaque em Moorea

Dos passeios pagos, eu recomendaria o piquenique nas Motu (pequenas ilhas paradisíacas), onde o turista chega após um passeio deslubrante de barco em que é possível conhecer grande parte da costa.

Passeio na Motu em MooreaMoorea

Os diversos tons de azul das águas impressionam

Este passeio inclui ainda um incrível mergulho com tubarões e arraias em plena natureza, em que os animais são alimentadas pelo guia. É simplesmente sensacional! Os tubarões nadam do seu lado e é possível acariciar as arraias, que são muito dóceis.

Mergulho em Bora Bora Bora Bora Mergulho com arraias Mergulho com tubarões

A vida noturna do Tahiti é praticamente inexistente. De fato, o perfil dos visitantes restringe-se a casais e famílias. Não há bares e boates, mas apenas restaurantes. Aliás, umas experiência gastronômica imperdível é o jantar no famoso Blood Mary’s em Bora Bora. A decoração praiana à luz de vela é simplesmente linda e a comida sensacional! O cardapio vivo, cuja especialidade são peixes e frutos do mar é exposto ao cliente logo na
entrada, que escolhe ali mesmo o menu desejado. Recomendo o marlin grelhado: delicioso!!! É um peixe de carne vermelha, servido em posta alta, meio cru por dentro. Vale a pena experimentar!

Enfim, são estas as dicas que tinha para dar com base na nossa maravilhosa experiência na Polinésia Francesa, um lugar, que com certeza lembrarei para sempre! Espero que possam ajudar! Boa viagem!”

Pôr do sol Bora Bora

Pôr do sol em Bora Bora

Texto e fotos por Gustavo Nabuco

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.