No caminho de Punta del Este havia Piriápolis…

Já contei em outro post como foi o início de nossa viagem de carro para percorrer os cerca de 130 km entre Montevidéu e Punta del Este (leia aqui). Pista dupla, asfalto em perfeitas condições, sinalização adequada, nada de caminhões, trajeto plano e sem curvas acentuadas… enfim, quase uma monotonia.

Quando vimos a primeira placa indicando a cidade de Piriápolis resolvemos fazer um pequeno desvio no caminho para conhecê-la. Não tínhamos maiores informações sobre o lugar; só sabíamos que era uma cidade de praia. O desvio não estava previsto em nossa programação, mas a ideia de seguir margeando a praia pareceu ótima. E, realmente, foi.

Ao chegarmos próximo à praia, não resistimos. Tivemos que parar o carro para fotografar.

Piriapólis

Foto: Arquivo pessoal

E fizemos isso várias outras vezes enquanto seguíamos por Bella Vista, Balneario de las Flores e Playa Verde, praias que passamos até chegar em Piriápolis. A vista era realmente lindíssima!

PiriapólisPiriapólis

Fotos: Arquivo pessoal

Acabamos descobrindo que Piriapólis já foi o balneário mais famoso do Uruguai, tendo perdido depois sua posição para a vizinha Punta del Este.

O Hotel Argentino demostra bem os tempos áureos da cidade. Construído em 1930, já foi considerado o maior hotel da América do Sul. E sua fachada é realmente bem imponente, com estilo clássico europeu.

Piriapólis

Foto: Arquivo pessoal

A cidade encanta pelo seu estilo provinciano (quase não há prédios altos), pelos Cerros San Antonio e Pan de Azucar (montanhas que emolduram a cidade) e pelas Ramblas (os calçadões de frente à praia).

PiriapólisPiriapólis Piriapólis PiriapólisPiriapólis

Fotos: Arquivo pessoal

O mirante do Cerro San Antonio foi a nossa escolha para uma parada um pouco mais demorada. O acesso até lá pode ser feito a pé, de carro ou de teleférico (aerosilla). Mas, convenhamos, o teleférico é de longe a melhor opção. Olha só a sua localização!

Piriapólis

Foto: Arquivo pessoal

No alto do Cerro há a Capela de Santo Antonio.

Piriapólis

Foto: Arquivo pessoal

Há também alguns restaurantes. Mas o que vale mesmo é a vista…

PiriapólisPiriapólisPiriapólis

Fotos: Arquivo pessoal

Depois do curto desvio, voltamos para a estrada Ruta Interbalneária, para seguirmos até Punta del Este. Foram apenas mais 35 km até Punta.

Quem se interessar em ficar mais tempo em Piriápolis, pode fazer outros passeios como visitar o Castillo de Piria, castelo de inspiração italiana que serviu de residência do fundador da cidade, hoje foi transformado em museu. Fazer um passeio de barco ou cavalgada também é possível.

Outra sugestão é conhecer o Cerro Pan de Azucar, o ponto mais alto do Departamento de Maldonado e terceiro mais alto do Uruguai. Por lá, há várias atividades esportivas como tirolesa, trekking, escalada e falcoaria.

Piriápolis fica a 98 Km de Montevidéu. A saída do teleférico até o Cerro San Antonio é feita da Rambla de los Ingleses, no Puerto de Piriápolis (tel. 4432 – 5255). O funcionamento é a partir de 10h e depende das condições climáticas.

Veja mais informações em www.aventurapiriapolis.com e www.piriapolis.org.uy

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.