Câmara dos Lordes e Câmara dos Comuns: visitando o Parlamento britânico

Desde 1512 o Palácio de Westminster é a sede das Câmaras do Parlamento britânico (Houses of Parliament): a Câmara dos Lordes (House of Lords) e a Câmara dos Comuns (House of Commons).

Parlamento britânico

Foto: Arquivo pessoal

O Palácio de Westminster é um palácio real do século XI e sua arquitetura gótica é belíssima. São mais de 5 km de corredores e 1.000 salões, sendo os principais as Câmaras dos Lordes e dos Comuns, o Central Lobby, a Galeria Real e o Westminster Hall.

Na Câmara dos Comuns os mais de 600 parlamentares eleitos se reúnem para debater e elaborar leis. Cada parlamentar representa uma determina região do país e se afilia a um dos três partidos políticos principais – Conservador, Trabalhista e Liberal Democrata. Durante a General Election, o líder do partido que tiver maior representatividade se torna o primeiro ministro.

Parliament

Foto: Reprodução. www.parliament.uk

A sala tem estofado na cor verde e não há a luxuosa ornamentação da Câmara dos Lordes. Tampouco existem detalhes em ouro. A beleza fica por conta da madeira talhada. O espaço é pequeno e não há assentos para todos os parlamentares. São apenas 437 assentos para um total de 646 membros.

ParliamentFoto: Reprodução. www.parliament.uk

Já a Câmara dos Lordes é composta por cerca de 740 membros. Nenhum deles é eleito. A maioria detém a posição por descendência hereditária, cujo caráter é vitalício. Os demais são bispos, arcebispos ou pessoas importantes nomeados pela Rainha sob recomendação do Primeiro-Ministro ou  da Comissão de Nomeações da Câmara dos Lordes. A Câmara dos Lordes tem a função de revisar a legislação editada pela Câmara dos Comuns e também controlar e examinar as atividades do governo.

Parliament

Parliament

Fotos: Reprodução. www.parliament.uk

O trono na Câmara dos Lordes onde a rainha se senta durante a abertura do Parlamento, realizada no começo de cada nova sessão parlamentar, é belíssimo. Todo em ouro!

Todos os cidadãos britânicos têm o direito de visitar seus membros do Parlamento, assitir às seções das Câmaras, participar de debates, utilizar os arquivos do Parlamneto e subir à Clock Tower, onde se encontra o sino Big Ben.

Os estrangeiros também podem visitar o Parlamento durante o Summer Opening ou aos sábados, quando os parlamentares estão de recesso. Os tour tem duração de pouco mais de uma hora e o ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site oficial do Ticket Master ou no próprio dia. Ao longo do ano, estrangeiros também podem presenciar os debates do parlamento e assistir sessões públicas dos comitês (vide site). A visita à Clock Tower é atualmente limitada aos cidadões britânicos.

Compramos pelo Ticket Master e pagamos £ 14 por pessoa, para a visita feita em agosto de 2010.

A entrada ao Parlamento é feita pelo Cromwell Green Entrance, na rua St Margaret, quase em frente à Westminster Abbey.

Parlamento britânicoFoto: Arquivo pessoal

A visita começa pelo Westminster Hall, a parte mais antiga do Palácio, uma das poucas áreas que sobreviveu ao incêndio de 1834. O salão enorme, com teto todo trabalhado, foi construído em 1097.  Ali o rei conversava com seus conselheiros, dando início ao que seria depois o Parlamento. Esse é o único lugar do tour onde é permitido tirar fotografias. Também foi ali que em 1304 um conhecido sujeito foi julgado e condenado à morte pelos magistrados do Rei Eduardo I: Sir Willian Wallace.

Westminster Hall

Foto: Reprodução. www.parliament.uk

Parlamento britânico

Foto: Arquivo pessoal

Depois o tour continua pelos outros salões, como as Câmara do Parlamento e o Central Lobby. Em todos eles há lindos vitrais, enormes lustres e belíssimos afrescos.

No Central Lobby, a riqueza de detalhes no chão, nas paredes e no teto é impressionante. Achei interessante a explicação do guia sobre a expressão “fazer lobby” que surgiu das reuniões informais dos parlamentares no Lobby para conseguir a aprovação de um determinado projeto.

Parliament

Foto: Reprodução. www.parliament.uk

É um passeio espetacular!

Mais informações no site www.parliament.uk, onde podem ser realizados tours virtuais www.parliament.uk/visiting/online-tours.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.