Bike tour em Paris

Que tal conhecer Paris de uma forma diferente? Ao invés do tradicional (e geralmente entediante) city tour feito em ônibus de excursão, faça um walking tour por um determinado bairro, aventure-se num tour guiado em segways (algo parecido com um patinete motorizado) ou pedale em um bike tour para ver alguns dos principais monumentos parisienses.

As caminhadas guiadas feitas pelo Paris Greeter são super especiais. As visitas são gratuitas (eles apenas aceitam doações) e os roteiros, escolhidos pelos próprios guias, fogem dos costumeiros roteiros para turistas. Além disso, os guias contam histórias da cidade e tentam compartilhar um pouquinho do modo de vida parisiense. Veja o post que já escrevi sobre o Paris Greeter.

O tour de segway parece super divertido, só não sei dizer se é fácil ou andar “conduzir” o patinete. Os preços são relativamente salgados: €80 por pessoa, para um passeio de aproximadamente 4 horas, e foi isso que me desanimou…. É a opção ideal para os preguiçosos. Não é necessário fazer esforço algum. Para mais informações, consulte o site http://citysegwaytours.com/paris

Segway Tour Segway Tour

Fotos: Reprodução. http://citysegwaytours.com/paris

O city tour de bicicleta é indicado para aqueles que querem ver rapidamente os principais pontos turísticos da cidade, com uma dose emoção. Não é necessário grande preparação física, pois há paradas relativamente frequentes e os trajetos percorridos, em geral, não são longos. Tem várias empresas que fazem bike tours em Paris, como www.bikeabouttours.com, http://fattirebiketours.com/paris e www.parisbiketour.net.

Nós escolhemos a Fat Tire Bike Tour e optamos pelo tour noturno (Night Bike Tour), que é feito em inglês e dura cerca de 4 horas (€28, por pessoa).

Bike tour em Paris

Foto: Arquivo pessoal

O ponto de encontro é na base da Torre Eiffel, na parte sul (“pilier sud”, lado mais distante do Trocadéro), às 6pm ou 7pm, dependendo do mês. Não é necessário fazer reserva, basta procurar o funcionário da Fat Tire que fica com cartaz enorme na base da Torre Eiffel, próximo ao horário do tour.

Uma vez reunido o grupo, todos seguem caminhando até uma rua próxima, onde fica a sede da empresa. Lá é feito o pagamento e todos recebem suas bicicletas. No local há guarda-volumes e é possível comprar água. É aconselhável levar seu próprio lanchinho, já que durante o passeio não há parada para jantar.

Bicicletas prontas, pedalamos pela Torre Eiffel e seguimos para o Les Invalides, Louvre e Notre Dame, com direito a parada para tomar o famoso sorvete no Berthillon, na Ile St. Louis. Depois pedalamos pelas margens do rio Sena até embarcarmos em um barco para fazer um passeio pelo rio Sena. O passeio de barco durou de cerca de uma hora e foi oferecido vinho para todos os participantes do tour. Ao retornarmos do cruzeiro, pegamos novamente as bicicletas e encerramos o passeio na sede da empresa, com a devolução das bicicletas.

Bike tour

Foto: Tati Mesq. Fim de tarde no Louvre, durante o bike tour.
Bike tourFoto:  Tati Mesq. Passeio de barco pelo rio Sena.

Tenho que dizer que, durante o tour, fiquei um pouco tensa por pedalar em alguns trechos das avenidas de Paris juntamente com os carros e os ônibus. Minha experiência no pedal se limita às brincadeiras de crianças. Não tenho a menor habilidade para descer ou subir meio-fios ou desviar de obstáculos. Imaginem só….

Mesmo sendo a penúltima do grupo (atrás de mim, só um dos guias; já que vai um guia na frente e outro atrás), deu tudo certo. Não sofri, nem causei nenhum acidente (mas quase….)!

O fato de serem grupos grandes (o nosso tinha entre 12 e 15 pessoas, inclusive crianças) passa mais segurança na hora de pedalar nas avenidas. Mesmo assim, recebemos buzinadas de um ônibus e xingamentos de um motorista irritado com a presença de tantas bicicletas.

No final das contas, curti bastante o passeio! Achei uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas e receber dicas de Paris. Aliás, foi nesse passeio que conhecemos uma australiana que nos deu a dica de uma boate às margens do rio Sena onde fomos a uma apresentação do Wil.I.Am do Black Eyed Peas (a propósito, o show foi ótimo!). A crítica fica por conta das paradas muito rápidas em determinados momentos, e sem muitas explicações sobre os lugares.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

Siga o Nós no Mundo no Periscope - @nosnomundo.

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

Planeje sua viagem com a gente

Reserve seu hotel utilizando o Booking.com. Menor preço garantido! Se encontrar tarifa mais barata, eles reembolsam a diferença.

Alugue seu veículo com a RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, e tenha o menor preço garantido!

Reserve uma casa pelo Airbnb e ganhe desconto no primeiro aluguel.

Compre moeda estrangeira com a Cotação. É seguro e você ganha descontos exclusivos!

* Reservando com os nossos parceiros através do Nós no Mundo, nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e, de quebra, ainda ajuda o Nós no Mundo a estar sempre atualizado.

Sobre Anna Bárbara

É louca por viagens! Nem acaba de chegar de uma viagem e já está pensando nas próximas (no plural, é claro!). Tem o passaporte carimbado em mais de 20 países e é apaixonada pela Ásia, ou melhor, por todos os destinos exóticos. Qual a melhor viagem? "Não há dúvida", diz ela, "a melhor viagem é sempre a próxima".

Deixe seu comentário:





* Campos de preenchimento obrigatório

** Ao enviar o seu comentário, você estará automaticamente concordando com a nossa Política de Comentários.