Onde se hospedar em Buenos Aires

pt-br

Qual o melhor lugar para se hospedar em Buenos Aires? Centro, Recoleta, Palermo, San Telmo, Retiro, Puerto Madero?

Na minha modesta opinião, o Centro de Buenos Aires é repleto de turistas e, por isso, não permite ter uma verdadeira experiência portenha. Turístico demais.

Palermo e Recoleta são ótimas opções, pois são bairros com menos turistas e com mais opções culturais e gastronômica, apesar de ser necessário fazer maiores deslocamento para chegar aos tradicionais pontos turísticos.

Sou suspeita porque gosto de ficar em Palermo, principalmente perto da Plaza Serrano, onde existem muitos barzinhos, restaurantes, lojas de novos designers e vida noturna agitada. Ficamos hospedados no Torrecillas Soho ApartHotel & Spa.

O Puerto Madero também parece uma boa opção, já que tem hotéis super exclusivos como o Faena Hotel, além de várias opções gastronômicas ao longo dos decks de madeira.

Faena hotel

Foto: Reprodução

Blog Viaje na Viagem traz uma análise bem legal das vantagens e desvantagens dos principais bairros:

“A Recoleta é o melhor lugar para você acordar em Buenos Aires. Acorde na Recoleta, e basta descer do apartamento para se ver num dos bairros urbanos mais bonitos do planeta. Você vai se sentir em Buenos Aires desde o primeiro instante do dia. Você não vai ter muita coisa a fazer nas redondezas além de caminhar, mas vai gostar de voltar para o hotel mesmo que precise sempre tomar um táxi.

Palermo Soho é o melhor lugar para se estar à tarde em Buenos Aires. É quando o comércio todo está aberto (algumas lojas ficam fechadas até o fim da manhã), os restaurantes esticam um pouco o horário de almoço, os cafés se enchem de gringos de laptop aproveitando o wifi. Também é um bom lugar para estar à noite — especialmente se você não tiver reserva para jantar, porque os restaurantes são muitíssimos e caminhar entre um e outro não dá trabalho. De manhã cedo você pode achar bem aborrecidos os arredores do seu hotel. Vá aos parques, aos outlets — ou acorde tarde…

Palermo Hollywood é o melhor lugar para se estar à noite em Buenos Aires. O nível dos restaurantes continua bastante alto. É difícil errar. Não é um lugar, porém, para se caminhar ao léu — os lugares habitados são um pouco espaçados entre si, e o caminho não é lá muito iluminado. Tendo reserva e sabendo o caminho, porém, dá para ir e voltar a pé do seu hotel. À luz do dia, porém, o bairro é bem desinteressante; se você não estiver muito bem instalado, vai se perguntar todos os dias por que foi parar ali.

E o Centro? Bom, o Centro é recomendável para quem quer economizar bastante e/ou aproveitar as comodidades dos pacotes (trânsfer, city-tour). Fora o preço, a maior vantagem é a localização — sobretudo numa primeira viagem, quando você quer bater ponto em todos os cartões-postais. Mas não é um lugar onde você vá achar bacana ficar — seja de manhã, de tarde ou à noite.”

Se depois de todas essas dicas, você concordar comigo que o seu lugar é o Palermo, vale a pena conferir as dicas de hotéis do Blog Direto de Buenos Aires, que tem cada quarto um mais lindo que o outro…

Já nos hospedamos no Torrecillas Soho e no Craft Hotel Boutique. Leia nossas reviews aqui e aqui.

Siga o Nós no Mundo no Twitter: @nosnomundo

No Instagram: @nosnomundo

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/nosnomundo

 

  1. O post é antigo e o comentário bem do atrasado, mas preciso de dar parabéns pelo post.
    Nem uma argentina autêntica conseguiu resumir e me convencer qual o melhor lugar em Buenos Aires como voce.
    Mil gracias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>